26 de jan de 2009

Da série personalidades da escalada: Cesar Grosso

Lembro do primeiro campeonato que o Cezinha ganhou, ou pelo menos foi o primeiro campeonato que eu perdi para ele (de muitos). Foi na Casa de Pedra Morumbi, e a final foi na onda principal, acho que ele foi o único a completar a via. Impressionante! Um pouco depois descobri que ele era argentino e pensei em denunciar ele no Tribunal Esportivo para acabar com ele! Um pouco mais tarde, logo após fazer meu coco diário (sempre as 19 horas), fiquei mais tranqüilo e resolvi engolir a derrota, e prometi a mim mesmo treinar mais! Ai percebi que esse negocio de treinar e muito cansativo, e acabei desencanando de campeonatos... Vou só escalar para me divertir, pensei com meus botões! Ai me enrolei tanto no trabalho que nem escalando estou...

Mas como eu dizia, Cesar "Cezinha" Grosso, argentino e nutricionista, é o nosso entrevistado de hoje. Vamos ao que interessa.

UBT: Hola, Cezinha, hablas Português?

Si, um poquiño


UBT: Como e ser argentino. Você sofre muito preconceito, tipo não te chamarem para escalar ou cobrarem mais de você na hora de dividirem a gasolina?

Nas ruas as pessoas me olham estraño, já me acostumei com isso. Mas tem o lado bom, uma vez no metro um Sr. me cedeu o lugar dele pra eu sentar. Na escalada nunca me aconteceu nada, por sorte todos entendem a minha difícil situação.


UBT: Mariella, o fato de o Cezinha ser argentino pesa no relacionamento?

Hahahaha... essa é boa. Na verdade, eu fui descobrir que ele era argentino uma vez que liguei na casa dele e um senhor (pai dele) com sotaque carregado atendeu. Ele não conta pra ninguém que é argentino! Então enquanto ele fingir que é brasileiro e não demonstrar toda aquela afetação argentina, tudo certo!


UBT: Fale um pouco do seu trabalho, o CNutre.

Sou nutricionista e atuo na área clínica, tenho meu consultório onde atendo todo tipo de público, desde crianças, idosos e enfermos até atletas de ponta. Atualmente estou entrando no ramo empresarial, elaborando, desenvolvendo, aplicando e monitorando programas nutricionais voltados especificamente para os funcionários de cada empresa ou departamento.
UBT: Teste de Nutrição: o que engorda mais: um PF no Cipó ou uma balada com o Shazam? (Para aqueles que não conhecem, Shazam é o alter ego do Marcio Bruno)
Depende do climb. Mas em geral um PF do cipó engorda mais, só que, a balada com o Shazam é sempre um risco bem maior a saúde. Sem contar que o Shazam sempre "elimina" todo o ingerido minutos ou horas depois de maneira instantânea, heheh.


UBT: Quais são os seus planos para 2009?

O principal campeonato deste ano será o "world games", em Julho, na China, e na seqüência tentarei ir pra três etapas na Europa da Copa do Mundo, também teremos o Sul-americano aqui no Brasil que está em meu calendário. Mas quero também me dedicar mais a rocha e paredes, além, é claro, conhecer a Xuxa.


UBT: Então o casamento ficou mesmo para 2010...

Quem sabe. (mas nunca vou te esquecer Linha)

Nota da UBT: Respeitamos os escaladores gays, afinal eles tambem compram camisetas!


UBT: Faca uma lista dos principais campeonatos que você já venceu!

Sul-americano 2008Open de pucón 2008Campeonato Brasileiro 2003, 2006, 2007, 2008 (vencendo todas as etapas de 2007 e 2008) OPEN Brasil de boulder 2006, 2007, 2008
UBT: E dos que você perdeu.

Brasileiro 1998, 1999, 2000, 2001, 2004, 2005Paulista 2000, 2003, 2004


UBT: Quem e o seu arqui-inimigo na escalada?

Os regletes do Paulo Gil


UBT: O Rômulo teve um papel essencial no seu desenvolvimento na escalada. Como foi essa fase?

Realmente ele me mostrou a diferença de escalar e treinar, são totalmente opostas.Treinei com ele a temporada de 2000 e 2001, na 90° graus. No brasileiro saltei do 21° para o 3° (em três meses) e ganhei o paulista desse ano. Eram treinos planificados e acompanhados por ele DIARIAMENTE. Devo muito a ele!
Obrigado careca


UBT: O que mudou na sua filosofia de treinamento depois disso. Onde a Biomecânica Funcional se encaixa nisso tudo?

Foi exatamente nessa fase que "fundimos" o treino do Rômulo com a biomecânica do Pablito (que hoje está com um convite da melhor seleção do mundo, a espanhola, pra acompanhá-los por esta temporada) sabemos que a escalado é um esporte lesivo para diversas articulações e a função da Bio é prevenir essa lesões e melhorar o desempenho através desse equilíbrio. No começo era um laboratório onde usávamos uma ripa no meio de um entulho como maca, os resultados logo apareceram. Hoje a bio é uma equipe, são seis unidades pelo Brasil, atendendo atletas olímpicos e até mesmo surfistas do WQS. O Pablito esta dando um Tour pelas Índias e região a fim de desenvolver mais suas técnicas.


UBT: Qual a sua dica para uma vida mais saudável?

Eu me alimento bem, descanso bem e me obrigo somente a não me preocupar ou estressar com nada. Vivo pelo climb, família e amigos.
UBT: Qual a sua rotina de treinamento hoje em dia?

Depende da fase do ano, agora estou nos boulders por um campeonato que irei ao Chile em fevereiro. Mas em geral o treino é de resista, acordar ainda no escuro do dia p ir escalar, correr, nadar. São 32 horas semanais... é volumoso e cansativo, mas vale a pena.


UBT: Qual a sua camiseta UBT Boulder preferida?

Aquela que você falou que ia me dar, a simples branca com UBT verde, hehehe
UBT: Se você fosse uma agarra, qual você seria, e por quê?

Uma bidedo! Que tudo! Hahahaha! Mas provavelmente o reglete que esta na extensão da bagulho ignorante, no baú...


UBT: Quais são os atletas brasileiros que te inspiraram ou ainda inspiram? E os estrangeiros?

Eu sou muito nostálgico e sei que a experiência vale mais que a energia da juventude.Continuo apreciando o Paulo Gil, com suas escaladas e suas reflexões, o trabalho de pé do Arthur (menino galho, que hoje é Doutor), ultimamente admiro bastante a leveza com intensidade do Ligeiro, nunca vi uma escalada tão leve. Dos gringos "O" cara pra mim é o Legrand, pela sua humildade e técnica de leitura e estratégia que nunca ninguém chegou perto mesmo nos dias de hoje. A escola espanhola também é bem dedicada e forte, a mais forte, mas bem pouco técnicos.


UBT: Mariella, todo mundo sabe que o Cezinha, alem de escalar muito, e um gato, um pão, um telecoteco, um tchub-tchub, um pedacito de mal camiño (em portuñol). Conta pra gente o que só você vê nesse menino! A cueca não conta, porque eu já vi algumas vezes e posso garantir que e uma visão deprimente.

Aaaahhhh... tá curiosa mona? Te dou o endereço para você mesmo conferir a ferramenta do garoto: Rua João Pedro Cardoso, nº 107, mais conhecido como ginásio 90a graus. É só vc ficar de tocaia no vestiário masculino que alguma hora ele entra pra se trocar! Te garanto que é lindo e cheiroso! Vale a pena! Hahahah...

Nota da UBT: É cheiroso graças ao banho de serpentina de Conceição!!! (Piada interna)
UBT: Como vc começou a escalar?

Comecei na escola na quinta série em 12/02/1995, nenhum poeta pode descrever o que eu senti quando escalei aquele murinho de 7m vertical, o professor de lá, o Dimitri, viu que eu levava jeito e me levou p treinar na 90° graus.


UBT: Idade, signo e numero da sapatilha.

24 anos, touro, ascendente em escorpião (mas não acredito absolutamente em nada disso) e calço 42 bra


UBT: Qual a sua frase de efeito preferida?

KMON!!! Por um segundo ou por um ano...
UBT: Quais foram as suas melhores performances: Vias e boulders, a vista e trabalhado.

Vias a Vista: 10A a vista (chapa quente e ziquezira, RJ)
Trabalhado: Mr. Bill, Coquetel de energia e Directa Challenger (todos 10C, RJ, RJ e Valle encantado, respectivamente)
Boulders?A vista - Não me lembro, mas deve ser algum V7 ou V8...
Trabalhado: Jericó V12 em Ubas


UBT: Com qual via ou boulder você sonha em mandar?

A Leste (18 cordadas de aderência e chaminé em Salinas, RJ) na chuva e o Cabron só com o pé esquerdo, hahahahSão muitas, cada hora tenho uma na cabeça..

UBT: Obrigado Cezinha. Fiquem com algumas fotos no minimo peculiares do cidadão:

Onde está o Gnomo?



Cezinha, grande fã de Maquiavel, mostra que os fins justificam os meios!

Não por acaso, logo após esse campeonato, Cezinha foi eleito o bumbum mais desejado da escalada mundial pelo site gayclimbing.com


4 comentários:

Aninha Makino disse...

HAHAHAHA AMEI!!!!!!!
Ele merece tudo isso e mais um pouco!!!
Põe crédito das fotos do Chile pra Thais!!! Acho que devo ter alguma foto queima filme aqui, das antigas, vou procurar e te mando pra vc complementar o post!!

Yuri disse...

Heuaheuahuahe, muito bom, morri de rir dessa!!! :-D
Beijos!

Pedro Hauck disse...

Hahahahaha
Esta foi a estrevista mais engraçada da história da escalada!
É argentino então?! Desta eu não sabia!

Thais Makino disse...

hauahuahauaua mto boa essa entrevista!!!!
Pode crer, queima filme mesmo são as fotos dele começando a escalar, pq ele não tinha cabelo, ele tinha um capacete black power!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...