5 de nov de 2009

UBT Boulder: Ajudando os desafortunados

Nós não escondemos de ninguém que gostamos mesmo é de dinheiro, mas de vez em quando, mas bem de vez em quando, gostamos de ajudar os que tem menos que nós.

Para os feios, desenvolvemos as camisetas UBT.

Para os virgens, demos dicas de como se dar bem com o sexo oposto.

Para os inseguros, colocamos a disposição no 8a o boulder que você quiser mandar.

Mas ainda não estamos satisfeitos! Em minha última viagem para a Europa, por acaso quando tive a felicidade de mandar o boulder Dreamtime (vide post anterior), tive de pagar US$ 50 de excesso de bagagem para embarcar o meu discreto Crash Pad. Isso me deixou com a pulga atrás da orelha.

Para a UBT, US$ 50 é uma soma ridícula, é menos do que gastamos diariamente com magnésio, que o Rodras passa incansavelmente embaixo do braço, mas para a grande maioria dos escaladores é uma soma extremamente elevada.

Cocal, por exemplo, é conhecido como o Gueto, tamanha a quantidade de escaladores pobres que frequentam o local. Imagine se esse coitados tivessem que pagar esses US$50 além da gasolina aditivada para o carro Adventure e do IPTU de um casa no Lago Sul. Eu digo: é impossível!!

Foi pensando nessa classe desfavorecida de escaladores que pedi ao nosso setor de Informações Estratégicas & Planning que pesquisasse com alta prioridade maneiras de viajar com o Crash sem pagar:

-Solução 1: Vestir o Crash Pad
Vantagens: Suas chances de sobrevivênvia aumentam em caso de queda do avião
Desvantagens: Impossível chamar um taxi ou comer o jantar no avião

-Solução 2: Encher o Crash Pad com a sua bagagem
Vantagens: Uma tralha a menos para carregar
Desvantagens: Grandes chances de roubarem sua camiseta UBT

-Solução 3: Desmontar e enfiar seu Crash Pad em uma mala
Vantagem: Não pagar o mico de carregar seu Crash no aeroporto
Desvantagem: Não tem a menor graça

O link com as instruções para a solução 3 está aqui. Infelizmente, nosso tradutor foi despedido semana passada, e o motivo não é da conta de vocês. Se você não fala Inglês, não se abata. Compre nossa camiseta Roque Claimbi e impressione pelo menos a sua vó!

Não nos agradeçam pela misericórdia, apenas comprem nossas camisetas!

3 comentários:

Alvaro Alvares disse...

Muito boa a dica. hehehe

Aninha Makino disse...

O Rodras tb passa magnésio no peito e na bunda.

Thais Makino disse...

Gambiarra de pobre hein...
Agora só falta dizerem que dá pra usar o crash pad pra tomar sol na laje...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...