22 de jan de 2009

UIAA - Parte 2

Continuando...


8. Escalar faz bem para os ossos?

Ossos não são estruturas estáticas; eles estão constantemente se adaptando em resposta aos exercícios, a sua dieta e idade. Escalada e um exercício de compressão óssea que estimula enormemente a adaptação dos seus ossos.

Entretanto, se você for excessivamente magro, seus ossos podem não ser tão fortes quanto deveriam. Por exemplo, a massa óssea de uma mulher atinge o seu pico por volta dos 20 anos, declinando a partir dessa idade se não for devidamente estimulado, especialmente apos a menopausa. Se você estiver em uma dieta de baixa caloria e /ou tiver pouca gordura corporal, essa oportunidade única de maximizar sua massa óssea por volta dos 20 anos é perdida, e isso pode afetar negativamente sua saúde no futuro.


9. O treinamento de um adolescente deve ser diferente do treinamento de um adulto?

Só porque um escalador jovem escala o mesmo grau de um adulto não significa que seu treinamento deva ser o mesmo, já que ele esta em crescimento! A maturação completa da estrutura óssea, dos órgãos e tecidos não esta completa até aproximadamente os 19-20 anos de idade nas mulheres e 22-23 nos homens. Treinamento excessivo ou inapropriado e /ou tentar se manter excessivamente magro pode resultar em atrasos, reduções ou interrupções no completo desenvolvimento.

O estirão de crescimento na adolescência, especialmente em homens, aumenta a massa muscular e níveis de hormônio necessários para o desenvolvimento de músculos e da capacidade anaeróbica. Ossos se alongam e ganham massa. Esses aumentos combinados de músculos e ossos impactam o seu peso total. É importante lembrar que quando esse crescimento acontece, os tendões e ligamentos estão mais fracos, se adaptando ao novo tamanho e nível de força. Essas estruturas chegam a ser de 2 a 5 vezes mais fracas quando comparadas a de um adulto. Portanto, uma forcas que em um adulto gera adaptação ao treinamento pode resultar em lesões em um adolescente nesse período.

Não aumente a carga de exercícios de forca nos dedos nem treine em vias muito exigentes nesses tendões e ligamentos. Lembre-se que seus dedos ainda estão crescendo, e seus tendões precisam de tempo para se adaptar a esse estirão. Não se esqueça de que a escalada deve ser curtida durante toda a vida, portanto treine adequadamente para garantir essa possibilidade.


10. Como usar gráficos de crescimento para ajustar o treinamento de jovens atletas?

To da criança e adolescente deve ter sua altura e peso plotados regularmente em um gráfico. Essa é a maneira mais fácil de monitorar o desenvolvimento dos jovens. Uma medição de 3 em 3 meses é suficiente, devendo ser mais freqüente em momentos de rápido crescimento, notados quando as roupas e calçados param de servir. Esses gráficos podem balizar a intensidade do treinamento e alertar para possíveis atrasos no desenvolvimento.


11. Quais os indicativos de LER (lesões por esforço repetitivo) e como elas podem ser prevenidas?

Indicativos: Não ignore a dor. Procure seu médico! Um dos sintomas da LER é dor - dor em movimentos específicos, dor que aumenta gradualmente, dor que começa logo após escalar. Aqueles que escalam com freqüência ou em um nível alto são mais suscetíveis a esse tipo de lesão. Geralmente, mas não sempre, começa com dor um tempo após escalar, aumenta para dor no começo e ao final da atividade, evolui para dor durante e então para dor durante todo o tempo. Em qualquer caso, não espere para ter dor o tempo todo! Procure um medico antes disso!Evitando: Evitar esse tipo de lesão requer um aumento metódico e gradual na carga de treinamento, dando tempo para os tendões e ligamentos para se adaptarem a carga gerada pela musculatura desenvolvida. Músculos podem se desenvolver em 6-8 semanas, mas tendões levam pelo menos 2 anos para se adaptar ao treinamento.

Quando se fala em tendões, o nível da dor já demonstra que houve um micro traumas significativos, e já há um gap significativo entre o estado do tendão e o que ele deveria suportar em termos de esforços. Continuar a sobrecarregá-lo só vai agravar a lesão. Maior a lesão, maior o reparo necessário.

Músculos e tendões sofrem estragos no nível celular durante um treinamento, e isso e normal. Bons programas de treinamento permitem que os músculos e tendões se recuperem, aumenta a forca e se preparem para novas cargas de treinamento. Encadenar vias antes que seu corpo esteja pronto pode impressionar, mas vai contribuir para lesões.

Um diário de treinamento e uma ferramenta útil para identificar o volume e a intensidade do seu treinamento, e como ele se relaciona para as lesões que podem vir a ocorrer e quais os sintomas. Através dele também e possível identificar a falta de dias de descanso entre os treinamentos.

Na escalada, as lesões por excesso de uso são geralmente limitadas a dedos, cotovelos e ombros. Muitas são resultados de desbalanceamento muscular (Para quem não conhece, recomendo checar o trabalho da Biomecânica Funcional). Os joelhos são mais suscetíveis a esse tipo de lesão nas mulheres.


12. Quando eu devo esparadrapar uma lesão de polia, e posso continuar escalando enquanto melhora?

A primeira coisa a fazer e ter um diagnóstico e o tratamento correto. Geralmente uma ruptura recente de polia (normalmente a A2) não requer cirurgia, somente múltiplas rupturas requerem. Uma única ruptura pode ser tratada com esparadrapo e sem escalada por 6-8 semanas, dependendo dos sintomas. Outras lesões podem exigir talas, banhos de gelo, injeções de corticóides, analgésicos ou simplesmente escalando de pega aberta por um tempo. Mas definitivamente consiga um diagnóstico preciso com um médico com experiência nesse tipo de lesão.


13. Por que devo me manter hidratado durante a escalada?

Um balanço preciso deve ser alcançado para mantê-lo hidratado, especialmente durante exercícios. Como o corpo não pode armazenar líquidos ou eletrólitos antes do exercício, é muito fácil se desidratar durante a pratica esportivas sem ingerir líquidos. Desidratação vai afetar sua força, reflexos, resistência e concentração. Pode também levar a déficits de aprendizado, letargia e outros problemas. Nada ideal, principalmente quando você esta escalando a vista. Por outro lado, beber muito dilui o seu balanço de eletrólitos no seu corpo e causa outros problemas.
Todo adulto precisa de 6 a 8 copos de liquido por dia se não estiver exercitando ou em um ambiente quente. Esse volume deve ser espaçado durante o dia. Se você estiver suando muito (o suor queima os olhos, por exemplo), esta quente ou a escalada e particularmente intensa, alguma bebida esportiva pode ser necessária para aumentar os níveis de glicose e de eletrólitos.


14. Como saber se rompi um tendão?

Não é possível saber isso sozinho, marque uma consulta com um médico - preferencialmente um que conheça lesões de escalada. Mas se você forçou o dedo e ouviu ou sentiu um estalo, é bem possível que ele tenha rompido, principalmente se o dedo inchar logo após a escalada.

Boas escaladas

Linha

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...